That is Veggie Bacon – S05e12 – Rabid Dog

That is Veggie Bacon - S05e12 - Rabid Dog

Chegamos como cães raivosos ao décimo segundo episódio de Breaking Bad! E surpreendentemente descobrimos que fogo, quem levou, o possui, e quem quer tacar, são todos. Desde Marie até Gomez, a tocha está prestes a ser acesa. Mas casa que é bom, está sã e só. E cheiro de gasolina à parte, partimos em busca de soltar todos nossos cães juntos com os raivosos de nossa já saudosa Albuquerque.

Seguimos babando pelos próximos episódios, e claro, procurando compreender quem é ou quem são os verdadeiros RABID DOGS de Breaking Bad!!

Sempre teorizando, conspirando, duvidando de tudo e de todos com Daniela Carvalho (@drive_star), Marc Halsberghe (@marcjozef) e Maurício Saldanha (@mausaldanha), que só querem saber de uma coisa: ONDE NÓS REALMENTE MORAMOS?

Comentários, sugestões, críticas, teorias, cenas e diálogos que deixamos escapar?

Arte da Vitrine: Eloi Pinheiro (@loipinheiro)

Envie um email para thatisveggiebacon@yahoo.com ou deixe seu comentário aqui no site!

Siga o That Is Veggie Bacon (@thatisvb) no Twitter!

Gostou das músicas do episódio? Clique e confira a TIVB/Breaking Bad Soundtrack!

iTunes:                                                                                               http://itunes.apple.com/br/podcast/that-is-veggie-bacon!/id550072014

RSS Feed:                                                                 http://feeds.feedburner.com/ThatIsVeggieBacon

Se preferir, faça o DOWNLOAD clicando na imagem abaixo com o botão direito e selecionando “Salvar link/destino como“:                                                               

149 respostas em “That is Veggie Bacon – S05e12 – Rabid Dog

  1. Adorei o cast! Acho que um dos melhores até agora🙂 Como eu sempre faço vou assistir o episodio de novo porque vcs falam de referências que eu nunca iria perceber! E por favor, continuem com as teorias, quanto mais malucas melhores rs

  2. Na minha humilde opinião, esse foi o episódio “menos bom” de todo o seriado. Não gostei das soluções no roteiro.
    Por que o Jesse acha que o Walt quer matar ele? O que o Walt fez pro Jesse se sentir ameaçado de morte? Alguma vez o Walt ameaçou o Jesse? Ao contrário…Walt salvou o cara varias vezes…
    O Jesse pode ter pensado: ” Bom, o Mr. White matou o Mike…”
    O Mike não passou por tudo que o Walt e o Jesse passaram juntos.
    Meu Deus !!!
    Outra… O Jesse achar que o Walt ia mandar matar ele naquela praça movimentadíssima em pleno meio-dia, não dá pra entender… Aquele careca lá esperando a filha… O Jesse virar um RAT entregando todo o esquema.
    Será que ele não pensa que ele vai passar o resto da vida na cadeia… O cara matou o Gale ,tá envolvido na morte do Drew Sharp, roubou a metilamina e era o segundo maior cozinheiro de cristal dos USA. ?????
    Quando ele achava que tinha sido o Gus que envenou o Brock, ele não entregou ele pra DEA. Ele quis matar o Gus. Pq agora ele entrega o Mr. White justamente pro Hank, o cara que quase matou ele?
    Achei meio forçado o modo como as coisas se desenvolveram. Parece que oJesse tem que se voltar contra o Walter de qualquer modo. Não teve aquela naturalidade de acontecimentos que BrBa sempre mostrou. Outro ponto negativo, na minha opinião, foi esse episódio ter sido um dos maiores anti-clímax da história. Quando as coisas vão explodir de verdade??

    • Felipe,
      Concordo com sua insatisfação sobre as últimas atitudes do Jesse, mas acho que essa questão que nós incomoda do Jesse junto com o Hank (DEA) é incoerente de propósito, pelo menos quero acreditar que seja, o Jesse sempre foi instável, sempre fez coisas idiotas, mas o único que esteve do lado dele foi Walt e por isso essa aliança Jesse e Hank aconteceu por uma necessidade do Jesse fazer que o Walt pague pelas mortes e pelo envenenamento do Brock.
      Minha teoria ou desejo… rs é: Walt e Jesse vão se reconciliar e Hank não vai conseguir as provas através do Jesse, porém Jesse vai morrer e Walt de alguma forma vai ser o responsável ou vai se sentir muito culpado, pois o Hank sim é o grande adversário do Heisenberg, esse embate entre Walt e Jesse me incomoda muito, pois como vc mencionou o que o Walt e Jesse passaram não pode ser esquecido…

      • Talvez a maior incoerência é justamente no ponto: “Jesse sempre foi instável, sempre fez coisas idiotas”. O Jesse sempre foi idiota, encheu a casa de drogados e não conseguiu conectar que alguém levaria seu dinheiro. Há alguns dias estava na mesa de Walt e Skyler falando as maiores idiotices do universo. De repente se torna malvadão e genial. Nem o expectador mais sagaz iria imaginar que foi mesmo Walter quem envenenou Brock, se a serie não tivesse deixado explícito. Jesse consegue sacar tudo em segundos, se torna genial e forte (dá uma surra no Saul). Saul por sua vez se torna idiota, pra repetir o mesmo movimento da retirada da ricina, com a maconha. Jesse se torna genial, forte e controlador, pois consegue agora controlar Hank e Walt. Se tornão tão aliado que se hospedou, com total aval da Marrie, na casa do Hank, aquele mesmo que arrebentou a cara dele? Continua chapadão? Meeeenos Jesse. Bem menos.

        • Viajando na onda do “Jesse Gênio”, ele falou que vai atacar o Walt onde ele realmente mora. Acho que talvez ele possa colocar a galera da Gray Matter na jogada. O Walt foi muito sincero com o Jesse quando ele explicou pq ele estava no “Empire Business” e tinha muita coisa relacionada ao passado do Walt com a Gretchen e o Elliott. Quem sabe?

  3. Fato nº 1 – O nível de qualidade da série é tão alto que quando um episódio deixa de ser supermegablast e passa a ser excelente já é um motivo para as pessoas o acharem fraco.
    Fato nº 2 – Por mais que estejamos extremamente imersos na trama e nos personagens devemos lembrar que BREAKING BAD É UMA OBRA FICCIONAL. E nela cabe a licença poética. O que nos motivaria a assistir uma série que tem seu principal conflito resolvido no segundo episódio? As “forçações de barra” são necessárias para manter os conflitos em movimento.
    Fato nº 3 – CONTROLEM A ANSIEDADE. Mortes são sempre empolgantes, mas antes delas acontecerem, o caminho tem que ser pavimentado. Os episódios da parte B tem servido para isso: construir a trajetória que culminará em Walt perdendo TUDO (inclusive a própria vida, provavelmente)

  4. DEAd oO…na xícara…que olho caral…arrepiei com essa ideia…mas sinceramente não sei dizer que destino espero para os personagens.

    Não sei se gostaria de ver Jesse ou Mr. White morrendo.
    Sei que gostei deste episódio tanto quanto dos outros.

  5. Dessa vez o que salvou o episódio pra mim foi o podcast hahaha. Muito boa a análise de vocês, principalmente sobre a identificação do espectador com o Walter White. Várias vezes me questionei sobre isso: como você pode gostar de um cara que mata, envenena criança, decompõe cadáveres? No fim das contas, sempre concluía que esse apego ao personagem vem dessa complexidade de caráter presente em todos nós, como foi dito. Os filmes e séries muitas vezes adotam uma visão maniqueísta do mundo, o que simplifica demais as motivações e torna todo mundo previsível.

    Sobre aquela cena do Jesse encharcando a casa do Walt de gasolina e o desfecho, achei interessante um comentário do próprio Vince Gilligan no Insider Podcast, da AMC – pra quem quiser, segue o link: http://www.amctv.com/shows/breaking-bad/insider-podcast-season-5.

    Nesse programa, ele deixa claro que os roteiristas (ele incluso) não tinham pensado na cena do Jesse com o galão de gasolina quando escreveram aquele flashfoward da casa destruída. Por isso, na hora de escrever o Rabid Dog, o Jesse conseguir queimar o lugar todo não era uma possibilidade. Achei muito bacana isso porque mostra que, às vezes, a genialidade não está em prever tudo o que se vai fazer e encher episódios com referências do que virá na série, basta ser coerente e não ignorar fatos/ideias que foram apresentados anteriormente.

    Em outro podcast desses da AMC, ele diz que o trabalho na sala de roteiristas é como se fosse um jogo de xadrez. Todos sugerem possibilidades, e aí eles pensam: “se a gente fizer esse movimento, quais serão as consequências?”. Incrível como a genialidade pode estar em pequenas coisas….

    • Lembro de uma entrevista dele dizendo que a única temporada que ele escreveu o episódio 01 já focado no finale foi a segunda temporada, que por sinal foi a que ele menos gostou (e eu também, o lance do urso foi brochante na época).
      As vezes é melhor deixar as coisas rolarem pra não soar forçado ou trapacear com o telespectador, sempre fazendo de tudo pra manter a coerência.

  6. Ah, esqueci uma coisa: sensacional Thugz Mansion tocando ao fundo no final do episódio haha!! Sem dúvidas, é lá onde Mr. White vive de fato!

  7. Estou aprendendo a conhecer o Marc e a Daniela, mas confesso que quem me trouxe pra cá foi o Maurício Saldanha.
    O cast de hoje foi o melhor na minha opinião pela parte introspectiva que teve no meio, que acentua o fato de que quando é pra filosofar a respeito do ser humano em comparação a um filme/séria(como é este o caso) a presença do Mau faz tudo ficar espetacular.

    Enfim, os Marc e Dani estão de parabéns também, mas na minha mente antes de ouvir cada episódio novo de TiVB rola um “Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeemmmmm viiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindooooooooooooos ao muuuuuuuuuuuuuuuuunndoooooooooo eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeespeeeeeeeeeeeeetaculaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaar de Breeeeeeeeeeeaking Baaad!”

  8. Só uma coisa,o resumo do livro Dutch que o Jesse pega naquela hora antes de dar o depoimento é: “James Bernard Jr., a.k.a. Dutch, has become the most dangerous criminal in New Jersey. From his early skill as a car thief, Dutch recognized the opportunity to rule the streets and he seized it. Feared by all, and completely fearless, Dutch and his dangerous clique take over the lucrative heroin business of a local African drug lord. With both the protection and respect of the Mafia, Dutch becomes the most terrifying force on the streets. District Attorney Anthony Jacobs is determined to take down Dutch and his crew, and he’s confident that his witnesses will testify against them. But a sudden turn of events will soon make the DA’s job harder than he imagined.”
    Nada é de graça nisso mesmo…

  9. Repararam que no Ep 11, o Todd pega a metilamina e volta para o Novo México? Ele liga para o Mr. White pra avisar o que aconteceu, mas não consegue falar com ele.

    Será que isso não vai mexer com os brios de Walt, fazendo com que ele se sinta, provocado?
    Quero dizer, antes dele parar de cozinhar, ele montou as instalações pra Lydia em outro estado, talvez numa tentativa de se afastar daquilo tudo e parar de vez de cozinhar.. e agora o Todd volta com a metilamina, sabendo cozinhar bem já que ele era muito dedicado e volta justamente num momento mega delicado pro Walt..
    Digo…quais as chances de dar merda o Todd cozinhando com aqueles tios malucos dele, inclusive um deles fala que quando vê uma criança andando de bicicleta usando capacete, tem vontade de bater na criança para o próprio bem dela?

    Acho que eles voltam pra ABQ e vão fazer alguma merda e das grandes.

  10. Discordo de um ponto levantado no final do programa pelo Marc. Walter não poderia ter visto o carro de Hank saindo com Jesse no início do episódio, pois se isso tivesse acontecido ele (Walt) não entraria em casa procurando o Jesse com arma em punho.

  11. desculpa se vocês citaram e eu não prestei atenção,mas eu acho que o jesse vai atingir o white ameaçando skyler,pois quando ele acorda da casa do hank ele olha com muita atenção a foto dela e ameça o white falando que vai atingi-lo onde realmente doi(alguma coisa assim)

  12. Galera, primeiramente, parabéns pelo trabalho. Conheci o cast enquanto estava no meio da segunda temporada e as teorias e viagens de vocês são sensacionais. Mas de todo o cast, me chamou a atenção o final. O Mau apostou que o W.W. chamou o tio do Tedd pra matar o Hank, mas… peraí! Ele nem sabe que o Hank está com o Jesse. Quando o Jesse o ameaçou, ele se viu que não tem mais jeito. É o Jesse sim que ele quer matar. Acho que o próximo episódio é definitivo pro Jesse. Vamos aguardar!

  13. Só sei que essa ligação do final pode ser pra tudo, menos pra matar o Jesse. Pode ter até com a suposta “morte” dele lá naquele flashforward. Pegando aquela teoria que ele teria forjado a própria morte.

  14. Esse episódio é a prova de que o personagem do Jesse ficou forçado, pois se ele foi inteligente pra dar idéias como a do imã ou a do trem ele seria perspicaz o bastante pra saber que o White não deixaria ele ver o assassino se ele fosse realmente morrer.

  15. Atacar onde Walt realmente vive: Jesse vai cozinhar uma meta melhor que a do Walt e vai acabar com o império de distribuição da droga que Walt ainda chefia.

  16. O nome do próximo episódio é To’hajiilee, que é a reserva indígena onde o Walter e o Pinkman cozinhavam no começo e onde Walter esterrou o dinheiro, por isso o lugar onde o Walter mora que o Jesse se refere é o dinheiro dele e o Jesse pegou o bilhete de loteria da casa do Walter.

  17. Ótimo cast, como sempre. Tenho uma teoria, que não está muito bem formulada mas é um começo. Eu acho que o Walt é a “causa” da morte da sua família, diretamente ou indiretamente, if you know what i mean. No flash-foward percebe-se que já ele está totalmente sozinho, e infelizmente acho que o heisenberg deu um fim no jesse. O dea está atrás dele, sem o hank, caçando o heisenberg como gato e rato, e ele fica malucão e tenta se defender como pode, pensando em dar uma de Tony Montana. Acho que o walt morre, ou melhor, ele se envenenará com a ricina que nunca foi usada, quando ele percebe que ferrou com a família, que era a única coisa que importava e pela qual ele tanto lutou. Mas é muito difícil de decifrar essa série, a melhor da história pra mim, e mais difícil ainda encontrar um final perfeito para ela, perfeito seria se Breaking Bad nunca acabasse.

  18. Finalmente alcancei vocês!!!😀
    Dei uma passada nos comentários, e vou soltar uma que não vi por aqui: e se o telefonema do Todd ao Mr. White for mais um flash forward? For apenas uma resposta ao job que ele encomendou neste último episódio? Sei lá, não vi sentido dele avisar ao cara que saiu do esquema de algo que ele executou para a Lydia (a qualidade da droga NUNCA iria cair se WW ainda estivesse remotamente envolvido, acredito de verdade que ele saiu). Bom, já é domingo, né? Acho que mais tarde a gente descobre.🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s