That is Veggie Bacon – S05e11 – Confessions

Cover_tivbS05e11

E no meio de tantas confissões e de muitas semi-verdades, chegamos ao episódio 11 da última temporada de Breaking Bad.

Confessamos que estivemos nas mãos de Walter Heisenberg por todo este tempo e que o único caminho que nos é oferecido agora é aguardar o próximo domingo enquanto a mente queima com o incêndio anunciado.

Sempre teorizando, conspirando, duvidando de tudo e de todos com Daniela Carvalho (@drive_star), Marc Halsberghe (@marcjozef) e Maurício Saldanha (@mausaldanha), que confessam ainda estar em choque tentando compreender as confissões da noite.

Comentários, sugestões, críticas, teorias, cenas e diálogos que deixamos escapar?

Arte da Vitrine: Eloi Pinheiro (@loipinheiro)

Envie um email para thatisveggiebacon@yahoo.com ou deixe seu comentário aqui no site!

Siga o That Is Veggie Bacon (@thatisvb) no Twitter!

Gostou das músicas do episódio? Clique e confira a TIVB/Breaking Bad Soundtrack!

iTunes:                                                                                               http://itunes.apple.com/br/podcast/that-is-veggie-bacon!/id550072014

RSS Feed:                                                                 http://feeds.feedburner.com/ThatIsVeggieBacon

Se preferir, faça o DOWNLOAD clicando na imagem abaixo com o botão direito e selecionando “Salvar link/destino como“:                                                               

132 respostas em “That is Veggie Bacon – S05e11 – Confessions

  1. Só queria deixar meus dois centavos aqui e dizer que eu não achei que a descoberta do Jesse foi tão forçada assim.

    Faz um bom tempo que o Jesse anda repensando tudo e faz um bom tempo que ele perdeu a confiança no Walt. Pra mim o colapso nervoso dele demonstra claramente que ele não estava mais conseguindo lidar com tudo aquilo (e se bem me recordo, a morte do menino da bicicleta foi a gota d’água pra ele, não?).

    Então pra alguém que anda remoendo tudo o que aconteceu, só bastava um estalo pra encaixar as peças que faltavam.

  2. Olá, galera!
    Conheci o That is Veggie Bacon há uma semana e, de lá pra cá, já ouvi todos os podcasts, inclusive os extras. Já sou fã de vocês, e esperei ansiosamente pela edição dessa semana. Adoro seus comentários sobre a série, que, por sinal, é a minha série favorita.😛
    Resolvi postar um comentário aqui hoje defendendo os momentos que vocês chamaram de “forçados”. Lembro-me aqui de três, e vou comentá-los um por um.

    1 – Walter convencendo Walter Jr. a ficar.
    Quando eu assisti, durante a cena, a impressão que eu tive é a de que, quando Walt disse pro seu filho que o câncer tinha voltado, o seu plano NÃO ERA impedir que ele fosse pra casa de Hank e Marie. O que eu acho é que ele apenas tentou criar um sentimento de pena no filho, de compaixão, para que o Junior se tornasse imune a quaisquer tentativas de Hank e Marie de convencê-lo a ficar contra o pai. Afinal, que filho ficaria contra o próprio amado pai num confronto de família, ainda mais sabendo que o pai está com câncer?
    Pois então, acho que esse era o plano do Walter. O fato de o Junior se recusar a ir embora naquele momento (que também é uma decisão MUITO compreensível, porque ele acabou de saber que o pai dele vai morrer!) foi um “bônus”, mas que, de fato, não fará muita diferença para o andamento da história. Isso não vai impedir o Walt Jr de se envolver no conflito familiar iminente, mas com certeza aumentou as chances dele se manter ao lado do pai nesse dito conflito.

    2 – Jesse e o cigarro
    Lembram-se de quando Lydia achou o rastreador no barril de metilamina, no episódio 5×04 Fifty-One? Mais tarde, naquele mesmo episódio, Jesse foi contar a história para o Mike, e ele logo perguntou: “A pessoa que viu o rastreador… foi você ou ela?”
    Agora, nesse episódio… aquele abraço que o Walter deu no Jesse… eu não sei quanto a vocês, mas aquilo pra mim ficou com cara de admissão. O Jesse o acusou de coisa pra caramba, e ele não respondeu com uma palavra sequer. Imagino que até aquele momento, tudo o que o Jesse tinha eram suspeitas fortíssimas (muito fortes mesmo), mas no momento do abraço, em que Walter nem se dá ao trabalho de negar as acusações, é que Jesse passa a ter certeza das manipulações que havia sofrido.
    Certo, aí chegamos logo na fatídica cena do Jesse naquele lugar semelhante a um cemitério, esperando pelo carro preto. Naquela cena, suas memórias são despertadas ao notar a ausência do seu baseado. Ricina e Brock lhe vêm à mente, e se fundem ao assunto que está em maior evidência na sua mente naquele momento: Walter e seus jogos mentais.
    Aqui é que está o maior problema: eu não acho que Jesse tenha montado todo um mapa mental do envenenamento de Brock naquele momento. Aliás, ainda agora, acho que ele não sabe como tudo aconteceu. O que eu imagino que tenha aparecido na cabeça de Jesse naquele instante foi uma simples… suspeita. Uma pulga enorme atrás da orelha. Uma sensação fortíssima de “ei, tem algo errado”.
    O que ele fez foi sair correndo pro escritório do Saul, mas ele não se teletransportou pra lá. Imagino que o tempo que levou para chegar até lá foi mais do que o suficiente pra ele desenvolver as suas suspeitas, e aumentar o seu ódio por Walter cada vez mais e mais.
    Ele provavelmente deve ter lembrado da situação em que estava ameaçando o Walter com uma arma na sua cabeça, e este respondeu acusando o Gus do envenenamento. O Jesse não é burro (pelo menos não é mais), e pode muito bem ter sacado que aquilo TAMBÉM era manipulação. Outra situação que ele pode ter lembrado foi o momento em que o cigarro com ricina foi encontrado naquele aparelho de limpar o chão. Se ele seguiu a mesma lógica do Mike, pode ter lembrado que a ideia de procurar no aparelho foi do Walter, o que aumentou a sua ideia de que tudo é uma enorme mentira.
    Ok, talvez ele nem tenha chegado até esse ponto durante seu raciocínio. Mas a pulga atrás da orelha foi o suficiente pra fazê-lo questionar o Saul. Vejam só, ele foi questionar o Saul antes de qualquer coisa. Se ele já tivesse certeza naquele momento, teria ido direto queimar a casa do Walter. De qualquer forma, Saul confessou. E agora ele tem certeza.

    3 – Reação de Jesse ao saber a verdade
    Matar o Saul????
    O Jesse NÃO TEM o espírito de um assassino! Não tem e nunca teve. Ok, ele matou o Gale, mas hesitou MUITO antes, e sofreu MUITO com isso depois. E, de qualquer forma, ele só o fez porque sabia que era a única saída. Como Walter dizia, “ou ele ou nós”.
    Agora, avançar disso pra sair atirando em todo mundo é meio… radical. Ainda há poucos episódios, ele estava totalmente afetado pela morte da criança Drew Sharp, e repetiu várias vezes coisas do tipo “ninguém mais pode morrer”. Ele nem sequer queria aceitar o dinheiro justamente porque pessoas tinham morrido em decorrência da história. Certo, ele estava furioso ao descobrir a verdade, mas ele nunca, até o momento, tinha sentido ódio mortal pelo Saul. Já pelo Walter, aposto que já tinha bastante raiva contida…
    Aliás, imagino que o objetivo dele nesse momento não seja MATAR o Walter. Seja fazer o Walter sentir dor. Muita dor. Física e emocional. Se o Jesse quisesse matar o Walter, teria ido atrás dele com um revólver e resolvido a situação. Ir botar fogo na casa demonstra que ele quer vingança, arruinar a vida do Walter, assim como ele queria arruinar a vida do Hank no episódio 3×07 One Minute. O plano que o Jesse bola naquele episódio visando destruir o Hank é uma boa demonstração de como ele pode ser vingativo. E, mesmo assim, ele não sai por aí socando todo mundo.

    Ufa! Acho que exagerei um pouco. Haha. Aliás, concordo sobre a falta de mortes… tomara que alguém morra no episódio seguinte😛
    Até mais!

  3. AH! E não parem de teorizar.
    É tão divertido ouvir as teorias de vocês e bolar as próprias.
    E acho que errar as teorias é até mais gostoso que acertar. Mostra que a série ainda consegue surpreender.🙂

  4. Eu acho que o Jesse pirou foda, pq ele viu os cigarros e ligou com o fato do Walter ter tentado matar ele. Não teve nada haver com o Brock.

    Jesse viu os cigarros e pensou, esse fdp ia me matar tbm. E pirou.

  5. Acredito que a casa não pega fogo. Aquele flash forward que mostra o Walt entrando na casa, a aparência do lugar não é compatível com um incêndio. Lembrando, Jesse jogou gasolina em todo o carpete, por mais que alguém chegasse rápido na casa, ela estaria destruída. Alguém morre no local, porque existe uma faixa amarela na porta, aquelas usadas pela polícia para isolar uma área em que ocorreu um crime, mas não tenho ideia de quem. Outra, para alguém pixar Heisenberg na parede e Walt não apagar, deve ter um motivo que o impeça de voltar ao local (uma morte no local, será?), ou o pixe foi feito depois.
    Existe outra teoria muito boa que eu li dia desses sobre como o Walt absorve hábitos de pessoas que ele matou. Gus morre, Walt dirige um Volvo no flash forward que ele compra um rifle, no episódio que descobre que tem câncer e vomita na privada, usa uma toalha para proteger o joelho igual ao Gus no episódio que ele envenena o cartel. Walt mata Mike, Quando Walt está bebendo com Hank, ele pede a bebida com gelo. Anteriormente, quando Mike dá um soco em Walt no bar ele pediu um sem gelo. Assim, Skyler seria morta por Walt também, já que no mesmo flash foward que ele compra o rifle ele usa o bacon para desenhar o número de quantos anos estava completando no dia, igual Skyler fazia.

    Conheci o Podcast de vocês tem pouco tempo e gostei muito!

  6. Não deveria mais teorizar sobre esta obra prima! Mais uma idaia que tive fez estourar minha cabeça.
    Acho que o Flash Forward começará a tona no quinto episódio!
    E se o WW matar o Jesse e simular a morte dele?
    Justificaria o susto da vizinha ao vê-lo no primeiro episódio… Agora, o que aconteceu para que ele tivesse que tomar tal postura?

    Meu Deus! Este seriado está me deixando lunático…rs

  7. Ótimo breakingcast!😉

    Estou gostando das teorias que estou lendo. Mas cheguei em um conclusão parecida com a do nosso amigo Gustavo Crivella que comentou aqui em cima.
    Na minha opinião, a Skyler morre! E talvez é morta pelo próprio Heisenberg.

    Repare nos seguintes momentos:
    – A forma que Hesinberg abraça a Skyler no final do episódio (5.01 – Live Free or Die) é idêntico ao abraço que ele deu no Jesse neste último episódio. Pode se sugerir que quem abraçou foi o Heisenberg e não o Walter.
    – No flashback (5.09 – Blood Money), quando Walter chega no quarto para pegar a ricina, percebam o medo que ele tem do quarto, algo aconteceu ali, isso se conclui quando após Walter pegar a ricina ele olha para o lado esquerdo de uma forma bastante dramática e assustadora. Pra mim, ele teve esse momento quando olhou para a cama onde os dois dormiam, mas não da para ter certeza por causa que eles ocultam a verdadeira face do Walter naquele momento com um vidro quebrado. Se não for por olhar para onde estava a cama, foi porque ocorreu o mesmo tipo de ‘troca de personagem’ que acontece sempre quando Walter ou Heisenberg vai abrir uma porta para conversar com a Skyler. Vale lembrar também da trilha sonora que acompanha o Walter durante sua volta pela casa, parece muito o som de alguém andando, o que pode sugerir um fantasma ou a lembrança de alguém (com salto alto) andando pela casa. Esta trilha sonora se encerra após Walter tirar a ricina, o que indica a troca de personagem. Se esta troca de personagem é real, logo ele não tem os sentimentos que Walter tem por Skyler, pois ele não escuta fantasmas, então Heisenberg pode ter sim matado Skyler!
    – Ainda no flashback, não é notado nenhum sinal de fogo – notem que o papel de parede está intacto -, e existem placas de advertência com algumas faixas o que deixa a impressão de que algum crime aconteceu ali.

  8. Cast ótimo, como sempre. Primeiro cometário, que sacada boa colocar aquela aranha vindo na direção de Jesse no deserto! Só reforça o fato da mente do cara, ficar remoendo o passado e faz o “forçar de barra” do estalo mental do Jesse, fazer sentido.

    Também não vejo o Jesse Matando alguém, além do próprio Heisemberg. O fato dele não matar Saul, reforça isso.

    Também pensei que o Jr está na casa. Imagine que o garoto não quer sair mais de casa pra ficar sempre perto do pai. Assim como não queria mais ir pra casa da tia. Então, acho que ele vai morrer no incêndio. Por isso a casa está fechada. Pelo fato de ter sido local de um crime.

    Imagine o que a morte do Jr desensadearia?

      • Quanto às cenas do Todd, a coisa que mais me chamou a atenção foi o quanto enfatizaram o tio dele limpando o sangue num papel higiênico e jogando no ralo. Para que serviu aquela cena? Quanto ao Todd saber do lugar do laboratório, não acredito. Acho que ele descobriu pelo gps do celular, mesmo. Afinal, eles deixaram claro que ele incendiou o laboratório antigo. Não acho que eles montariam no mesmo lugar.

    • Quanto às cenas do Todd, a coisa que mais me chamou a atenção foi o quanto enfatizaram o tio dele limpando o sangue num papel higiênico e jogando no ralo. Para que serviu aquela cena? Quanto ao Todd saber do lugar do laboratório, não acredito. Acho que ele descobriu pelo gps do celular, mesmo. Afinal, eles deixaram claro que ele incendiou o laboratório antigo. Não acho que eles montariam no mesmo lugar.

      • Uma dúvida que eu tive. O pacote de maconha do Jesse foi trocado por um maço de cigarros comuns ou só roubaram o saco e os cigarros já Eram dele? Parece bobagem, mas se foi uma troca, faz um pouco mais de sentido a mente do Jesse fazer o link com a troca do cigarro no passado.

        • Eu aqui, de novo, enchendo o saco. Outra coisa interessante. Se rolar o incêndio, o bilhete da loteria vai queimar e as coordenadas da grana vão ficar apenas na mente do Walter. Não acho que ele esqueceria dos números, pois ele tem uma memória muito boa. Mas, enfim…

    • Acho que Jessie, ao descobrir que foi roubado assim como roubaram a maconha, teve um plot twist mental de tudo que aconteceu com ele… E Um dos fatos que fez ele ficar tão mal, foi quase matar Walt, de achar que estava errado e quase matou alguem que ele considera um pai, apesar de estar magoado. Alias, por isso é tão dificil pro Jessie. Walt, para ele, foi a única pessoa que se importou com ele (Se é manipulação ou não já é outra história) e saber que esta pessoa, a única que ele acreditou, a q ele ficou mal demais por saber que quase matou por achar que havia envenenado (E havia mesmo). Resumindo… É mais uma decepção gigantesca, a certeza de que aquele abraço no deserto, no qual ele chorou tanto, foi falso, a Ricina, enfim, tudo foi manipulação. Jessie construiu um heroi e destruiu este herói durante a série em sua cabeça. Então ele vai para o escritório e Saul confessa… Essa pra mim foi a Confissão do titulo… A que destrói o mundo de Jessie… E transforma ele no cão raivoso que será no próximo episódio.

      Agora, teorizando: Acho que Jessie e Walt vão se encontrar na casa… Vão discutir ferozmente, um apontar a arma para o outro ou algo do tipo… Mas Jessie vai botar fogo na casa e vai querer contar tudo pra policia, vai se aliar ao Hank… Sei lá… Eu penso em tanta coisa, mas não consigo imaginar o que vai acontecer…

      Melhor série da história! Lord!

  9. Não sei se alguém comentou mas em um determinado momento no escritório o Hank cancela uma reunião, sai meio pensativo e não diz se volta. Quem sabe ele não vai a casa do Walter por algum motivo e os três ou quatro (com o Junior) não se encontram lá no próximo episódio enquanto o Jesse tenta incendiar a casa e dali ocorre alguma morte.

  10. Sobre a ricina:
    Depois da notícia que o envenenamento foi pela Lily of the Valley, o Walter volta na casa do Jesse, e “acha” o cigarro na feiticeira.
    Quando o Jesse descobre que a ricina foi roubada, ele automaticamente descobre que o Walter não só roubou o cigarro, como plantou ele de volta na casa.
    Tendo feito tudo isso, fica claro que ele estava envolvido no envenenamento. A Lily of the Valley era só uma maneira de ocultar as intenções do Walter

  11. eu fiz uma relação aqui sobre a cena do troco errado com a cena em que o jesse e o walt não tem a nota de 1 dolar e dao uma de 5 para firmar o acordo com o saul, mas nao consegui bolar nenhuma teoria hehe

  12. No flash forward de “Blood Money”, a casa do Walter não tem nenhuma aparência que foi “queimada”… um galão de gasolina na sala, com fogo, faz muito mais estrago que apenas uma casa com aparência de abandonada e saqueada… então acho que não tem fogo nenhum aí.

  13. Caramba, e quando acabar a série?! Tem que rolar podcast retroativo, desde o início hehehe. Tão de parabéns! Queria aproveitar pra falar que tenho um site sobre ciência, tecnologia e ficção científica e fiz um post sobre a ciência/química que usam na série, se realmente funciona na “vida real”. Quem puder conferir agradeço, e se gostar curte, compartilha, aquela coisa toda que ajuda pra caramba🙂 abs! http://www.zunkabitz.com/ficcao-cientifica/a-verdadeira-ciencia-por-tras-de-breaking-bad/

  14. Uma coisa que eu acho que muita gente não notou foi como Jessie estava vestido no final do episodio, ele estava usando uma jaqueta preta e por baixo uma camisa azul, vermelha e amarela, como eu não entendo muito do esquema de cores da serie considerem isso tudo um chute meu, eu acho que a coloração reflete todo o final, por isso ser colorida, no começo Jessie esta mais submisso, sem querer nada além de sair de la e ir o mais longe possível (azul), ao sair do ponto de encontro e ir até o Saul estava mais pensativo sobre se o Walt pegou a ricina e usou ela e ao mesmo tempo ficando mais bravo pelo motivo das suspeitas terem altas chances de ser verdade(azul e amarelo), ao chegar no Saul já estava bravo com todos quase chegando a matar o Saul(vermelho), o preto estava presente durante toda a cena simplesmente pelo estado mental que o Jessie esta, ele só veste preto agora então nem preciso falar muito né.

  15. Foi mal comentar atrasado, mas não tô podendo ver os episódios na semana que eles saem =p
    Foi só eu que achei a introdução desse episódio uma cena bem estilo Tarantino: Mafiosos conversando sobre histórias de mafiosos e sobre besteira e depois saindo ao som de uma música!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s